Publicidade

Correio Braziliense

Responsável por ataque com carro-bomba em Bogotá é identificado

O ataque deixou nove mortes e 54 feridos


postado em 17/01/2019 17:56 / atualizado em 17/01/2019 18:13

(foto: Juan Barreto/AFP)
(foto: Juan Barreto/AFP)
Bogotá, Colômbia - A Procuradoria colombiana anunciou que identificou o homem que fez explodir, nesta quinta-feira, um carro com 80 quilos de explosivos em uma academia de polícia em Bogotá, causando nove mortos e 54 feridos.

"Conseguimos estabelecer a autoria material deste execrável crime, deste ato terrorista, encabeçado pelo senhor José Aldemar Rojas Rodríguez", declarou o chefe do organismo de investigação, Néstor Humberto Martínez.

Ele não informou se o autor do ataque está envolvido com algum grupo armado, mas garantiu que "nas próximas horas" darão mais informações sobre os "determinadores ou autores intelectuais deste ato terrorista". Tudo parece indicar que o homem morreu no ataque, mas esta informação não foi confirmada pelas autoridades.

Martínez garantiu que Rojas Rodríguez entrou às 9h30 locais (12h30 de Brasília) em uma caminhonete cinza Nissan Patrol de 1993 na Escola de Oficiais General Francisco de Paula Santander, no sul da capital colombiana. 

Embora o investigador não tenha entrado em detalhes sobre a explosão, policiais que pediram anonimato afirmaram à AFP que o autor foi descoberto após um cachorro identificar os explosivos em seu carro. Ele teria acelerado, atropelando um policial, e durante a perseguição explodido o carro, acabando com a própria vida e a dos perseguidores. 

Nesta quinta, os Estados Unidos ofereceram "ajuda na investigação deste ato repudiável e nossa solidariedade à Polícia da Colômbia", em um tuíte da subsecretária de Estado para Assuntos do Hemisfério Ocidental, Kimberly Breier.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade