Publicidade

Correio Braziliense

Rússia inicia processos administrativos contra Facebook e Twitter

O regulador russo de telecomunicações havia pedido às duas empresas que aderissem à legislação que exige que os dados dos usuários russos das plataformas sejam armazenados no território nacional


postado em 21/01/2019 09:32

(foto: Joel Saget / AFP)
(foto: Joel Saget / AFP)

O regulador russo de telecomunicações Roskomnadzor anunciou, nesta segunda-feira (21/1), a abertura de processos administrativos contra as redes sociais Twitter e Facebook por descumprimento da legislação russa.

Roskomnadzor havia pedido às duas empresas que aderissem à legislação que exige que os dados dos usuários russos dessas plataformas sejam armazenados no território nacional. "Roskomnadzor abriu processos administrativos contra os dois grupos", disse o diretor da agência, Alexander Kharov.

Segundo o porta-voz da instituição, as redes sociais deram respostas formais aos pedidos de confirmação sobre onde os dados pessoaos de usuários russos estão armazenados.Essas respostas, "não contêm detalhes sobre a implementação efetiva da legislação, ou sobre a implementação futura dessas medidas", disse o representante.

As autoridades russas ordenaram em 2016 o bloqueio da rede social profissional LinkedIn, que se recusou a cumprir a lei sobre o armazenamento de dados dos usuários russos. Desde então, é impossível acessar o LinkedIn na Rússia.

Em abril de 2018 tentou, sem sucesso, bloquear as mensagens do Telegram.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade