Publicidade

Correio Braziliense

FBI prende Roger Stone, consultor da campanha presidencial de Trump em 2016

A prisão, ordenada por um júri federal do Distrito de Columbia, foi embasada em termo de acusação assinado pelo conselheiro especial que investiga a interferência russa naquela eleição, Robert Mueller


postado em 25/01/2019 11:10 / atualizado em 25/01/2019 11:24

(foto: Arquivos / AFP)
(foto: Arquivos / AFP)

Consultor político na campanha de Donald Trump à presidência dos Estados Unidos em 2016, Roger Stone foi preso na manhã desta sexta-feira (25/1) pelo FBI, a polícia federal americana, em Fort Lauderdale, na Flórida, sob acusação de obstrução de procedimento oficial, falso testemunho e coação de testemunha. 


A prisão, ordenada por um júri federal do Distrito de Columbia, foi embasada em termo de acusação assinado pelo conselheiro especial que investiga a interferência russa naquela eleição, Robert Mueller.

O documento aponta que Stone participou oficialmente da campanha presidencial do republicano até agosto de 2015 "e manteve contato regular com e apoiou publicamente a campanha de Trump durante a eleição de 2016".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade