Publicidade

Correio Braziliense

Príncipe Philip pede desculpas à mulher que ficou ferida em acidente

O príncipe saiu ileso do acidente, mas a motorista do outro carro sofreu cortes em um joelho


postado em 27/01/2019 10:38

(foto: Leon Neal/AFP)
(foto: Leon Neal/AFP)
 
O príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II da Inglaterra, escreveu uma carta de desculpas à mulher ferida em um acidente de trânsito no qual esteve envolvido em 17 de janeiro, informa o jornal The Sunday Mirror, que publica o texto.

"Quero que saiba o quanto lamento meu papel neste acidente", afirma a carta do príncipe dirigida a Emma Fairweather, que estava no carro atingido pelo veículo de Philip.

"Eu posso apenas imaginar que não vi o carro que vinha e estou muito arrependido pelas consequências", completa a carta, assinada pelo duque de Edimburgo.

O acidente aconteceu em 17 de janeiro perto da residência real de Sandringham, onde Elizabeth II e Philip moram durante grande parte do inverno.

O Land Rover Freelander dirigido pelo príncipe bateu em um Kia quando estava prestes a entrar na estrada.

O príncipe saiu ileso do acidente, mas a motorista do Kia sofreu cortes em um joelho e Emma Fairweather fraturou um dos punhos. O bebê que estava na parte de trás do carro não sofreu ferimentos.

"Fiquei um pouco abalado após o acidente, mas fiquei muito aliviado ao saber que que nenhum de vocês ficou gravemente ferido", escreveu o príncipe na carta com data de 21 de janeiro.

"Depois soube que você quebrou o braço. Lamento profundamente esta lesão", completou.

Philip, 97 anos, conhecido por seu temperamento franco e humor corrosivo, se aposentou da vida pública em agosto de 2017.

Na semana passada, Emma Fairweather reclamou em uma entrevista ao Sunday Mirror que o príncipe não havia se desculpado pela batida. "Tenho sorte de estar viva e ele nem pediu desculpas", disse. "Foi um momento tão traumático e doloroso que esperava mais da família real", completou.

Ela disse que recebeu uma ligação de um policial para transmitir uma mensagem que, na sua opinião, "não fez sentido".

"Ele disse: 'a rainha e o duque de Edimburgo se lembram de você'. Isto não é uma desculpa, não é nem um bom desejo", afirmou.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade