Publicidade

Correio Braziliense

Trump diz que pode adiar prazo final de acordo comercial com a China

Os dois países não conseguiram diminuir suas diferenças em encontros anteriores. As propostas de representantes de Pequim ainda não agradaram Washington


postado em 13/02/2019 09:18

(foto: Nicolas Asfouri / AFP)
(foto: Nicolas Asfouri / AFP)

O presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, disse que pode estender o prazo final de 1º de março para chegar a um acordo comercial com a China. Após a data, entrarão em vigor tarifas americanas sobre ampla variedade de importados chineses.

 

Trump afirmou nessa terça-feira (12/2) que pode estender "um pouco" o prazo caso os americanos notem que podem fechar um bom acordo, mas que não está inclinado a fazê-lo.

 

Trump disse que atualmente não tem planos de fazer um encontro de cúpula com o presidente da China, Xi Jinping. Ele vai esperar para ver o que acontecerá em uma reunião ministerial que começará nesta quinta-feira (14/2) em Pequim.

 

Os dois países não conseguiram diminuir suas diferenças em encontros anteriores. As propostas de representantes de Pequim ainda não agradaram Washington. Os americanos querem, por exemplo, que a China acabe com as supostas violações de direitos de propriedade intelectual e com transferências forçadas de tecnologias dos Estados Unidos.

 

O governo chinês tem mostrado cautela sobre a ideia de reformar estruturalmente a economia. Mas o governo de Trump parece determinado a pressionar Pequim a fazê-lo.

 

*Com informações da NHK (emissora pública de televisão do Japão)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade