Publicidade

Correio Braziliense

UE quer acrescentar a Arábia Saudita à lista negra de lavagem de dinheiro

Entre os países já listados, estão o Irã, Iraque, Paquistão, Etiópia e Coreia do Norte, entre outros


postado em 13/02/2019 10:59

(foto: OZAN KOSE / AFP )
(foto: OZAN KOSE / AFP )

A Comissão Europeia sugeriu nesta quarta-feira a adição de sete novos países, incluindo a Arábia Saudita e o Panamá, à lista de nações da UE que lutam insuficientemente contra a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo.

 

Esta iniciativa do Executivo europeu deve ainda receber luz verde do Parlamento Europeu e dos países membros da União. 

 

Alguns, como a França e o Reino Unido, expressaram reservas. Se os novos países de alto risco propostos pela Comissão forem aprovados, incluindo em particular a Arábia e o Panamá, a lista negra da UE aumentará para 23 países. 

 

Entre os países já listados, estão o Irã, Iraque, Paquistão, Etiópia e Coreia do Norte, entre outros. 

 

O fato de estar nesta lista não gera sanções, mas obriga os bancos europeus a aplicar controles reforçados em transações financeiras envolvendo clientes ou estabelecimentos nesses países.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade