Publicidade

Correio Braziliense

Peixes gigantes surgem em praia no Japão e provocam temor de tsunamis

A presença do animal, também conhecido como 'mensageiro do Palácio do Mar de Deus', pode ser indício de tragédia. Dois dos peixes chegaram a medir 11 metros de comprimento


postado em 23/02/2019 08:48

O peixe-remo, normalmente, surge quando está próximo de morrer e vem à superfície para anunciar alguma catástrofe.(foto: Reprodução/Twitter)
O peixe-remo, normalmente, surge quando está próximo de morrer e vem à superfície para anunciar alguma catástrofe. (foto: Reprodução/Twitter)

 

Encontrar peixes na praia é considerado algo normal, mas quando a espécie em questão, segundo uma lenda, pode estar anunciando um terremoto ou tsunami, com certeza não é agradável. Essa é a experiência vivida nesta última semana, por moradores da cidade Hokuriku Honshu, no Japão, ao encontrar três peixes-remo (Regalecus glesne). Essa espécie tem como característica um longo corpo prateado e barbatanas vermelhas. Dois dos peixes chegaram a medir 11 metros de comprimento cada.

 

A presença do animal, também conhecido como “mensageiro do Palácio do Mar de Deus”, pode ser indício de tragédia. Lenda ou não, o fato é que muitos japoneses estão preocupados com sua aparição. Conhecido por habitar águas profundas, o peixe-remo, normalmente, surge quando está próximo de morrer, e vem à superfície para anunciar alguma catástrofe.

 

Muitas pessoas fiéis à lenda japonesa relataram que em 2011, antes do terremoto de Fukushima, que também gerou um tsunami posteriormente, dezenas de peixes-remo surgiram na costa do país. O terremoto chegou a atingir a magnitude 9 na escala Richter e matou mais de 20 mil pessoas naquele ano.

 

'Isto é, sem dúvida, evidência de um precursor de um terremoto. E se estiver no Nankai Trough [uma área suscetível aos movimentos das placas tectônicas], pode ser um grande terremoto', escreveu um usuário do Twitter.

 

Os cientistas relatam que não há estudo que comprove relação entre o terremoto e a aparição dos peixes. Mas alguns confessam que esse animal é sensitivo à deslocamentos inesperados. O sismólogo japonês, Kiyoshi Wadatsumi, explica que a crença popular pode ter sido criada por conta dessa espécie ser, realmente, sensível ao que ocorre no fundo do mar. Entretanto, especialistas dizem que o surgimento desses animais pode estar sendo causado pelo aquecimento global, fato que já vem impactando a vida marinha e selvagem nos últimos anos.

 

Antes de 2001, não havia nenhum registro sobre peixe-remo no mundo. Isso contribuía para associações com um suposto monstro marinho. O animal foi utilizado como inspiração para criar o mítico pokémon Gyarados. 

 

*Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade