Publicidade

Correio Braziliense

"Deterioração da situação" na Venezuela leva EUA a esvaziar embaixada no país

Os EUA lideram um esforço internacional para forçar a saída do presidente Nicolás Maduro do poder e substituí-lo pelo líder oposicionista Juan Guaidó, que promete organizar uma nova eleição presidencial


postado em 12/03/2019 08:55 / atualizado em 12/03/2019 09:18

(foto: Arquivos / AFP)
(foto: Arquivos / AFP)

Os Estados Unidos ordenaram a retirada da última equipe que permanecia na embaixada do país na Venezuela. A saída deverá ocorrer até o fim da semana. O anúncio foi feito na noite da segunda-feira, 11, pelo secretário de Estado, Mike Pompeo, que justificou a decisão pela "deterioração da situação" venezuelana. Um apagão atinge o país desde a quinta-feira (7/3).

Os EUA lideram um esforço internacional para forçar a saída do presidente Nicolás Maduro do poder e substituí-lo pelo líder oposicionista Juan Guaidó, que promete organizar uma nova eleição presidencial.

Maduro ordenou em janeiro que os diplomatas americanos deixassem o país, mas voltou atrás da decisão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade