Publicidade

Correio Braziliense

Quatro pessoas são presas após ataques a mesquitas na Nova Zelândia

Além dos ataques a tiros, a polícia local desativou diversos explosivos


postado em 15/03/2019 07:35 / atualizado em 15/03/2019 07:36

(foto: BURROWS / AFP)
(foto: BURROWS / AFP)
A polícia neozelandesa prendeu três homens e uma mulher sob a suspeita de terem atacado a tiros duas mesquitas na cidade de Christchurch, a terceira maior do país, nesta sexta-feira, 15. Ao menos 49 pessoas morreram .

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Arden, afirmou que esta sexta "é um dos dias mais sombrios" da história do país. Além dos ataques a tiros, a polícia de Christchurch desativou diversos explosivos encontrados em veículos.

O atirador de uma das mesquitas era um cidadão australiano, revelou em Sydney o primeiro-ministro da Austrália, Scott Morrison. "É um terrorista extremista de direita, violento", disse.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade