Publicidade

Correio Braziliense

Encontrado peixe-lua encalhado em praia na Austrália

Ainda não se sabe o motivo pelo qual este peixe-lua chegou à costa


postado em 21/03/2019 11:42 / atualizado em 21/03/2019 11:45

Peixe-Lua encalhado(foto: Courtesy e Linette Grzelak/AFP)
Peixe-Lua encalhado (foto: Courtesy e Linette Grzelak/AFP)
Um peixe-lua de 1,8 metro de comprimento, o peixe ósseo mais pesado do mundo, encalhou em uma praia australiana, e as imagens deste animal praticamente desconhecido deram a volta ao mundo.

 

Mola mola (seu nome científico) foi encontrado morto no fim de semana passado na foz do rio Murray, no sul da Austrália.

 

Esse tipo de peixe se distingue por seu grande tamanho e por seu característico corpo achatado lateralmente. Pode chegar a pesar até 2,2 toneladas, segundo a revista National Geographic.

 

Ainda não se sabe o motivo pelo qual este peixe-lua chegou à costa.

 

"É habitual que colidam com barcos, e alguns são tão grandes que podem afundar um veleiro", afirmou Ralph Foster, responsável pela coleção de peixes do South Australian Museum.

 

Tamanho médio

Este exemplar era de um tamanho bem mais mediano para sua espécie, segundo ele.

 

Os peixes-lua "podem ser muito maiores (...) quase o dobro deste tamanho", explicou ele à rede de televisão Australian Broadcasting Corporation (ABC).

 

"Sabemos muito pouco sobre eles. Apenas nos últimos anos, a tecnologia nos permitiu começar a aprender sobre eles", acrescentou.

 

São considerados "vulneráveis" pela União Internacional para a Conversa da Natureza (UICN).

 

Esses peixes têm a particularidade de tomar o sol na superfície da água, o que lhe vale seu nome em inglês "sunfish".

 

Também podem nadar a centenas de metros de profundidade.

 

As imagens do peixe encalhado, postadas no Facebook por Linette Grzelak, despertaram curiosidade.

 

"O número de jornais do mundo inteiro que querem falar dele é incrível. Não esperava por isso", disse à AFP

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade