Publicidade

Correio Braziliense

Incêndio atinge Catedral de Notre-Dame, em Paris

De acordo com os bombeiros, o fogo pode estar ligado ao trabalho de reformas da Igreja. A polícia isolou a área e está retirando os turistas que estavam dentro do prédio


postado em 15/04/2019 14:27 / atualizado em 15/04/2019 21:44

O fogo começou na parte superior da catedral, segundo os bombeiros(foto: Francois Guillot/AFP)
O fogo começou na parte superior da catedral, segundo os bombeiros (foto: Francois Guillot/AFP)
 
Um incêndio de grandes proporções atingiu a catedral de Notre-Dame, em Paris, nesta segunda-feira (15/4). As chamas destruíram grande parte da edificação, que fica no centro da capital francesa e é rodeada pelo Rio Sena. De acordo com os bombeiros, o fogo pode estar ligado ao trabalho de reformas pelo qual a igreja passa. Apesar da gravidade histórica da tragédia, ninguém se feriu.
 
No início da noite, depois de mais de quatro horas de incêndio, os bombeiros declararam à imprensa que conseguiram salvar estrutura da Catedral. 
 
Assim que foram acionados, policiais isolaram a área e retiraram turistas que estavam dentro do templo. Prmeiramente, o incêndio tomou conta do sótão do monumento histórico, o mais visitado da Europa. Em 2017, a Notre-Dame recebeu 13 milhões de turistas, um número maior que o da própria Torre Eiffel. 
  
De acordo com o porta-voz da Notre-Dame, o incêndio começou às 13h50, no horário de Brasília. Segundo ele, as chamas atingiram toda a estrutura do telhado, considerado por pesquisadores como uma verdadeira obra de arte, com mais de oito séculos de existência. As chamas e uma grande quantidade de fumaça foram vistas a quilômetros de distância do templo religioso.

Torre desmorona


Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que a torre da catedral cede. Emmanuel Grégoire, vice-prefeito de Paris, afirmou que, "a partir de agora, uma missão especial foi iniciada para tentar salvar todas as obras de arte que for possível". 



A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, tuitou que um "terrível incêndio está em curso na Catedral de Notre Dame. Os @PompiersParis estão tentando controlar as chamas". 
 
 
 

Presidente francês

O presidente francês Emmanuel Macron adiou o pronunciamento que faria, no início da tarde desta segunda-feira, às 15h de Brasília. Macron foi até o local e fez uma declaração rápida à imprensa, por volta das 18h30 (horário de Brasília). Ele afirmou que o país "reconstruirá a Notre-Dame". "É isso que nossa história merece", completou o presidente.

Macron já havia se pronunciado à tarde, logo após a notícia do incêndio, e disse sentir "a dor de toda uma nação". "Meus sentimentos a todos os católicos e todos os franceses. Estou triste. Essa noite queima uma parte de nós", comentou. 
 
O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou, por meio do Twitter, que o incêndio é "horrível"."É tão horrível ver o enorme incêndio na catedral de Notre-Dame em Paris. Talvez possam usar aviões-tanque para apagá-lo. É preciso agir rapidamente!", afirma o chefe do executivo norte-americano.
 
Com informações da Agência France Press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade