Publicidade

Correio Braziliense

Grupo de Lima exige atitude da ONU por crise na Venezuela

O Grupo ainda exige que as Nações Unidas tomem atitudes para garantir a ajuda humanitária no país


postado em 15/04/2019 17:58

Membros do Grupo de Lima, em Santiago, debatendo sobre a crise na Venezuela(foto: MARTIN BERNETTI / AFP)
Membros do Grupo de Lima, em Santiago, debatendo sobre a crise na Venezuela (foto: MARTIN BERNETTI / AFP)
O Grupo de Lima, reunido em Santiago nesta segunda-feira (15/4), exortou as Nações Unidas a "tomar atitudes" para evitar o progressivo avanço da crise na Venezuela e garantir a ajuda humanitária.

Os países-membros do grupo, criado em 2017 para abordar exclusivamente a situação na Venezuela, "exortam o secretário-geral das Nações Unidas, a Assembleia Geral e o Conselho de Segurança a tomar ações para evitar a deterioração progressiva da paz e da segurança e fornecer assistência humanitária urgente à população de migrantes precedentes da Venezuela", diz um dos pontos da declaração final do encontro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade