Publicidade

Correio Braziliense

Cirpiani Hall também se recusa a sediar evento em homenagem a Bolsonaro

Local segue o exemplo do Museu de História Natural, que também se recusou a receber o evento. O movimento para que a homenagem não aconteça é liderado pelo prefeito de Nova York, Bill de Blasio


postado em 17/04/2019 18:22 / atualizado em 17/04/2019 18:27

(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A Press)
Os organizadores de uma homenagem ao presidente Jair Bolsonaro oferecida pela Câmara de Comércio Brasil - Estados Unidos estão com dificuldades para encontrar um lugar onde realizar o evento.

Depois de o Museu de História Natural, em Nova York, se recusar a receber o evento, por discordar da postura do presidente brasileiro, a homenagem havia sido transferida para o Cipriani Hall, salão luxuoso em Wall Street. Porém, nesta quarta-feira (16/4), o local também anunciou que não poderá receber o evento.

A Câmara de Comércio Brasil - Estados Unidos deseja conceder o prêmio de Personalidades do Ano a Bolsonaro e ao secretário de Estado americano, Mike Pompeo. Há 49 anos, a instituição escolhe anualmente um brasileiro e um estadunidense que tenham desempenhado uma papel relevante para a aproximação dos dois países.

A escolha de Bolsonaro como um dos homenageados em 2019 levou à reação de movimentos sociais, que prometem fazer protestos em frente ao local que sediar o evento. E à frente do movimento de resistência está o próprio prefeito de Nova York, Bill de Blasio, que já chegou a pedir o cancelamento da festa.

"Perigoso" 

Quando a recusa do Museu de História Natural foi anunciada, De Blasio, comemorou e chamou Bolsonaro de "um homem perigoso", no Twitter. "Jair Bolsonaro é um homem perigoso. Seu racismo visível, homofobia e decisões destrutivas terão um impacto devastador no futuro do nosso planeta. Em nome da nossa cidade, obrigado @AMNH por cancelar este evento", postou o prefeito.

*Estagiária sob supervisão de Humberto Rezende

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade