Publicidade

Correio Braziliense

Novos caminhões deverão emitir 30% a menos de poluentes na UE até 2030

Em 2022, a Comissão Europeia deverá propor os novos objetivos para o período posterior a 2030.


postado em 18/04/2019 14:41

Até 2030, os novos caminhões deverão emitir menos de 30% de dióxido de carbono (CO2) em relação aos níveis atuais na União Europeia (UE), em virtude da legislação aprovada nesta quinta-feira (18) pela Eurocâmara.

Por 474 votos a favor, 47 contra e 11 abstenções, os eurodeputados reunidos em Estrasburgo (França) aprovaram esta lei, um mês após concordar também em reduzir em 37,5%, até 2030, as emissões nos carros de passageiros.

Para os caminhões, a norma, a primeira para este tipo de veículo, estabelece que deverão circular emitindo menos 15% de dióxido de carbono, até 2025, e 30%, até 2030, em relação aos níveis de 2019.

Em 2022, a Comissão Europeia, o braço executivo da UE, deverá propor os novos objetivos para o período posterior a 2030.

Os fabricantes de caminhões também terão de investir em alternativas ao diesel e garantir que os veículos com emissões zero, ou baixas, representem pelo menos 2% das vendas da frota nova até 2025.

Estes objetivos "estão distantes de serem suficientes para alcançar as metas do Acordo de Paris", destacou a ONG especializada em poluição automobilística Transport&Environment.

O processo legislativo destes textos, seja sobre carros, ou sobre caminhões, foi marcado pela forte mobilização da indústria do setor, que ameaçava cortar postos de trabalho caso estabelecessem metas muito audaciosas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade