Publicidade

Correio Braziliense

Morte misteriosa a flechadas de cinco pessoas deixa a Alemanha em choque

Vítimas foram mortas por flechas disparadas por uma besta, arma que pode ser comprada livremente a partir dos 18 anos no país


postado em 13/05/2019 11:58

Casa é isolada em Wittingen, na região norte, onde dois dos cinco corpos foram encontrados(foto: Christophe Gateau / DPA / AFP)
Casa é isolada em Wittingen, na região norte, onde dois dos cinco corpos foram encontrados (foto: Christophe Gateau / DPA / AFP)
A morte misteriosa de cinco pessoas, que tiveram os corpos encontrados na Baixa Saxônia, três deles em um hotel no sábado e outras duas nesta segunda-feira em uma casa, deixou a Alemanha em estado de choque.

A polícia alemã informou nesta segunda-feira que encontrou dois corpos de mulheres em uma casa de Gifhorn que pertence a uma das três vítimas mortas por flechas disparadas por uma besta, encontradas no sábado em um hotel de Passau, na Baviera.

A polícia não informou a causa da morte das duas mulheres. As pessoas mortas no hotel e encontradas no sábado são uma mulher de 33 anos e um homem de 53, de Renânia-Palatinado, além de uma mulher de 30 anos residente na Baixa Saxônia.

Os corpos das duas primeiras vítimas estavam na cama e o da segunda mulher no chão. O homem e a mulher estavam de mãos dadas e tinham flechas no crânio e no peito, segundo a imprensa local. O corpo no chão tinha uma flecha no torso.

As necropsias estavam previstas para esta segunda-feira e devem esclarecer as circunstâncias da morte. As três pessoas que morreram no hotel chegaram ao local na sexta-feira à noite e tinham reserva para três noites. O homem usava um terno e tinha uma longa barba branca. As duas mulheres estavam vestidas de preto, afirmaram testemunhas ao jornal Bild.

Um porta-voz da Federação Alemã de Tiro em Wiesbaden declarou à agência DPA que as bestas podem ser compradas livremente a partir dos 18 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade