Publicidade

Correio Braziliense

Presidente sudanês deposto é acusado por morte de manifestantes

Investigação começou após um médico morrer durante os protestos contra o regime de Omar al Bashir


postado em 13/05/2019 14:16

(foto: Ashraf Shazly/AFP)
(foto: Ashraf Shazly/AFP)
O presidente sudanês deposto, Omar al Bashir, foi formalmente acusado de matar manifestantes durante protestos contra seu regime, informou nesta segunda-feira (13/5) o Ministério Público.

"Omar al Bashir e outros foram acusados de incitar e participar do assassinato de manifestantes", segundo uma declaração do promotor.

As acusações contra Bashir resultaram da investigação sobre a morte de um médico durante os protestos na capital.

"O procurador-geral recomendou acelerar a investigação sobre a morte dos manifestantes", acrescentou o comunicado.

Em 11 de abril, após meses de protestos, o exército forçou Al Bashir a deixar o poder depois de quase três décadas conduziando a política com mão de ferro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade