Publicidade

Correio Braziliense

Canadá vai proibir plásticos descartáveis até 2021

Primeiro-ministro Justin Trudeau lembrou que menos de 10% do plástico utilizado no país é reciclado


postado em 12/06/2019 15:30 / atualizado em 12/06/2019 16:02

Decisão sobre quais itens serão proibidos será baseada em evidência científica(foto: Agência Brasil/Reprodução)
Decisão sobre quais itens serão proibidos será baseada em evidência científica (foto: Agência Brasil/Reprodução)
O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, informou que o país vai proibir plásticos descartáveis, como sacolas plásticas e canudos, até 2021.

A medida foi anunciada na última segunda-feira (10), como uma forma de combater a poluição ambiental dos oceanos causada por plásticos descartáveis. O primeiro-ministro lembrou que menos de 10% do plástico utilizado no Canadá é reciclado. Ele afirmou que empresas que produzem produtos plásticos, ou que vendem itens como embalagens plásticas, serão responsáveis pela coleta e reciclagem do resíduo.

Trudeau disse que a decisão sobre quais itens serão proibidos será baseada em evidência científica, replicando de forma similar as medidas tomadas pela União Europeia. A imprensa canadense informou que garrafas plásticas provavelmente irão figurar entre os produtos proibidos.

Nações industrializadas vêm enfrentando o problema de como descartar montanhas de lixo plástico desde que a China proibiu a importação dos resíduos, em janeiro do ano passado devido a preocupações ambientais. A China era a maior importadora de resíduos plástico do mundo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade