Publicidade

Correio Braziliense

Morre Mohamed Morsi, ex-presidente do Egito, dizem TV estatal e família

Morsi cumpria uma pena de 20 anos, após ter sido condenado por incitar a morte de manifestantes durante manifestações em 2012


postado em 17/06/2019 14:13 / atualizado em 17/06/2019 16:38

(foto: TAREK EL-GABASS / AFP )
(foto: TAREK EL-GABASS / AFP )
O ex-presidente do Egito Mohamed Morsi, líder da Irmandade Muçulmana que subiu ao cargo nas primeiras eleições livres do país em 2012 e que foi destituído um ano depois pelos militares, desmaiou no tribunal durante um julgamento e morreu nesta segunda-feira, 17. As informações são da família do ex-presidente e da TV estatal egípcia.

Morsi foi o primeiro presidente democraticamente eleito do Egito, depois da Primavera Árabe de 2011. Ele ficou no cargo por cerca de um ano, até ser derrubado pelos militares em 2013, depois de protestos em massa contra seu governo. O general Abdel Fattah al-Sissi, agora presidente, assumiu o poder na ocasião.

Morsi cumpria uma pena de 20 anos, após ter sido condenado por incitar a morte de manifestantes durante manifestações em 2012.

Ao lado do ex-guia supremo da Irmandade, Mohamed Badia, Morsi foi condenado a morte e a prisão perpétua em diferentes casos já julgados pela Justiça do país.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade