Publicidade

Correio Braziliense

Trump exige que o Irã diga não às armas nucleares e ao terrorismo

EUA anunciaram novas sanções aos iranianos


postado em 24/06/2019 10:36

Presidente dos EUA, Donald Trump.(foto: Saul Loeb/AFP)
Presidente dos EUA, Donald Trump. (foto: Saul Loeb/AFP)
O presidente Donald Trump afirmou nesta segunda-feira (24) as exigências de seu país ao Irã "são muito simples": o Irã deve dizer "não às armas nucleares e não ao apoio ao terrorismo".

Em uma série de tuítes matutinos, Trump resumiu as exigências Washington em relação a Teerã como algo "muito simples": "Sem armas nucleares, sem apoio ao terrorismo!".

Também falou sobre a proteção das rotas marítimas no Golfo. 

"Nós nem precisamos estar lá porque os Estados Unidos são agora (de longe) o maior produtor de energia do mundo!", afirmou. 

Trump pediu aos países importadores de petróleo que "protejam seus próprios navios" após uma série de incidentes no Golfo, atribuídos por Washington a Teerã. 

"91% das importações chinesas de petróleo passam pelo Estreito (de Ormuz), 62% do Japão e, da mesma forma, para outros países", tuitou ele.

"Então, por que estamos protegendo as rotas marítimas de outros países (por muitos anos) para uma compensação zero? Todos esses países devem proteger seus próprios navios em uma rota que sempre foi perigosa", destacou.

Trump, que na semana passada cancelou de última hora os ataques contra alvos iranianos em retaliação à destruição de um drone americano, declarou no fim de semana que novas sanções contra Teerã serão anunciadas nesta segunda-feira, sem especificar sua natureza ou alcance.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade