Publicidade

Correio Braziliense

Trump confirma operação para deportar imigrantes prevista para domingo

A operação é destinada a 2 mil pessoas em pelo menos 10 cidades e pode incluir "deportações colaterais"


postado em 12/07/2019 14:17

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.(foto: Brendan Smialowski/AFP)
Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. (foto: Brendan Smialowski/AFP)
O presidente Donald Trump confirmou na sexta-feira (12) que uma grande operação para deportar migrantes irregulares começará neste final de semana nos Estados Unidos.

"Eles vieram ilegalmente", afirmou Trump aos jornalistas na Casa Branca. 

"Vamos expulsar as pessoas e levá-las de volta a seus países", explicou ele ainda. 

A operação, que começará no domingo, é destinada a 2 mil pessoas em pelo menos 10 cidades e pode incluir "deportações colaterais", segundo um relatório publicado pelo The New York Times. 

Em junho, Trump anunciou que os Estados Unidos deportariam "milhões de imigrantes ilegais", de acordo com seu discurso contra a imigração irregular, o pilar de sua campanha e seu governo. 

A operação foi adiada, a fim de dar tempo ao Congresso para buscar um compromisso sobre as medidas de segurança a adotar na fronteira com o México. 

Os democratas reagiram dizendo que esses planos ameaçam potencialmente as pessoas que vivem nos Estados Unidos há anos e cujas famílias costumam incluir crianças americanas.

A ameaça de deportações assusta muitas comunidades nos Estados Unidos. 

Várias associações têm distribuído manuais que incluem instruções sobre como se comportar, se forem interpelados pelos agentes, e quais são seus direitos. 

Organizações de direitos humanos se uniram para processar o procurador-geral, William Barr, e as agências envolvidas para evitar deportações, afirmando que a operação de deportação viola o devido processo legal.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade