Publicidade

Correio Braziliense

Argentina promete estabilizar o mercado cambiário e cumprir meta fiscal

FMI anuncia que enviará uma missão à Argentina em breve


postado em 20/08/2019 10:27 / atualizado em 20/08/2019 10:42

Novo ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza.(foto: Juan Mabromata/AFP)
Novo ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza. (foto: Juan Mabromata/AFP)
O novo ministro da Fazenda da Argentina, Hernán Lacunza, prometeu estabilizar o mercado cambiário e cumprir a meta fiscal acertada com o Fundo Monetário Internacional, durante coletiva de imprensa dada nesta terça-feira (20) ao assumir o cargo.

"A prioridade será garantir a taxa de câmbio como objetivo de primeira ordem neste processo eleitoral", afirmou o ministro, depois que na semana passada a moeda desvalorizou mais de 20%.

"Garantiremos o cumprimento das metas fiscais", enfatizou o ministro, em meio aos temores do mercado, após o revés eleitoral do presidente Mauricio Macri nas primárias de 11 de agosto.
 

Visita a Buenos Aires

O Fundo Monetário Internacional (FMI) anunciou nesta terça-feira (20) que uma equipe de analistas viajará "em breve" a Buenos Aires e que a instituição mantém um "diálogo contínuo com as autoridades" da Argentina.

"Estamos em diálogo contínuo com as autoridades enquanto trabalham em seus planos de políticas para abordar a difícil situação que o país enfrenta. Uma equipe do FMI viajará a Buenos Aires em breve", afirmou em um comunicado o porta-voz da instituição, Gerry Rice.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade