Publicidade

Correio Braziliense

Facebook endurece regras para admitir propaganda política nos EUA

Medida da rede social tem como objetivo conter mensagens falsas ou manipuladoras nas eleições de 2020


postado em 28/08/2019 17:16

Facebook quer mais transparência de anunciantes nos EUA(foto: JOEL SAGET/AFP)
Facebook quer mais transparência de anunciantes nos EUA (foto: JOEL SAGET/AFP)
O Facebook anunciou nesta quarta-feira que endurecerá suas regras em matéria de gastos publicitários políticos antes das eleições americanas de 2020, exigindo mais informação sobre os anunciantes para as mensagens relacionadas à campanha.

Trata-se da última iniciativa do Facebook para tentar de conter mensagens falsas ou manipuladoras. 

O Facebook já havia começado a exigir dos anunciantes políticos um documento que confirme sua localização e identidade, mas a nova regra exige que forneçam mais informação para demostrar que estão registrados em alguma instância federal americana. 

"As pessoas devem saber quem tenta influenciar o seu voto e os anunciantes não deveriam poder ocultar quem paga os anúncios", disse o Facebook em uma publicação em seu blog. 

O Facebook informou que as organizações que não se submeterem à verificação verão seus anúncios "parar" em meados de outubro.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade