Publicidade

Correio Braziliense

Furacão Humberto deixa 28 mil pessoas sem eletricidade em Bermudas

De acordo com o Centro Nacional de Furacões, as tempestades podem criar ondas gigantes da Flórida à Carolina do Norte


postado em 19/09/2019 12:14 / atualizado em 19/09/2019 12:21

Furacão se desloca para a costa leste dos EUA(foto: Noaa/Rammb/AFP/Arquivos)
Furacão se desloca para a costa leste dos EUA (foto: Noaa/Rammb/AFP/Arquivos)
O furacão Humberto se dirigia nesta quinta-feira (19/9) para o norte do Oceano Atlântico depois de arrancar telhados e deixar mais de 28.000 pessoas sem eletricidade ao atravessar as Bermudas, informaram meteorologistas e noticiários locais.

“Passamos por uma noite muito, muito desafiadora”, disse o ministro de Segurança Nacional de Bermudas, Wayne Caines, mencionado no jornal The Royal Gazette.

A empresa de energia das Bermudas, Belco, disse que 28.600 clientes ficaram sem serviço devido à tempestade.

Humberto atingiu o pequeno arquipélago britânico com ventos de furacão, soprando alguns telhados na noite de quarta-feira, de acordo com meteorologistas.

O Centro Nacional de Furacões, com sede em Miami, alertou para possíveis inundações costeiras na costa das Bermudas e que as tempestades poderão criar ondas mortais, da Flórida à Carolina do Norte.

No início da manhã, Humberto ainda era um furacão de categoria 3 e estava a 400 km a nordeste das Bermudas, com ventos estáveis de 205 km por hora.

No entanto, os avisos costeiros ou advertências não permaneceram em vigor.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade