Publicidade

Correio Braziliense

Turquia realiza ataques aéreos no norte da Síria

Vários países demonstram preocupação com as consequências humanitárias dessa ofensiva


postado em 09/10/2019 12:09

Bombardeio turco na cidade de Ras al-Ain, no nordeste da Síria, na província de Hasakeh, na fronteira com a Turquia.(foto: Delil Souleiman/AFP)
Bombardeio turco na cidade de Ras al-Ain, no nordeste da Síria, na província de Hasakeh, na fronteira com a Turquia. (foto: Delil Souleiman/AFP)
A Turquia realizou ataques aéreos nesta quarta-feira (9) na região de Ras Al-Ain, no norte da Síria, fronteira com a Turquia, logo após Ancara anunciar o lançamento de sua ofensiva contra a milícia curda. 

 

Os ataques aéreos e também disparos de artilharia atingiram a cidade de Ras al-Ain e seus arredores, de acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

 

Mais cedo, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, anunciou o início de uma nova operação militar contra a milícia curda das Unidades de Proteção do Povo (YPG) apoiada por países ocidentais.

 

"As forças armadas turcas e o Exército Nacional da Síria (rebeldes sírios apoiados por Ancara) iniciaram a 'Operação Fonte da Paz' no norte da Síria", disse Erdogan no Twitter. 

 

A Turquia considera as milícias curdas YPG um grupo terrorista, embora  recebam o apoio de grande parte da comunidade internacional. 

 

Ancara diz que seu objetivo será criar uma "zona de segurança", destinada a receber refugiados sírios na Turquia e separar a fronteira da Turquia das posições das YPG. 

 

Vários países demonstram preocupação com as consequências humanitárias dessa ofensiva.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade