Publicidade

Correio Braziliense

EUA e Turquia anunciam cessar-fogo em operação contra curdos na Síria

Pausa nas operações militares da Turquia contra milícias curdas no norte da Síria deve durar cinco dias; EUA negociou o acordo com Erdogan


postado em 17/10/2019 16:53 / atualizado em 17/10/2019 16:53

Ataques foram retomados após Trump anunciar a retirada de tropas americanas da Síria(foto: Bakr ALKASEM / AFP)
Ataques foram retomados após Trump anunciar a retirada de tropas americanas da Síria (foto: Bakr ALKASEM / AFP)
Os Estados Unidos e a Turquia chegaram a um acordo nesta quinta-feira, 17, para um cessar-fogo na Síria. O acordo foi negociado entre o vice-presidente Mike Pence e o presidente turco, Recep Erdogan.

A pausa nas operações militares da Turquia contra milícias curdas no norte da Síria, que começaram na semana passada, terá a duração de cinco dias de duração, segundo Pence. Pence disse que as tropas curdas serão retiradas da região neste período.

Por meio do Twitter, o presidente Donald Trump agradeceu a Pence e Erdogan pelo acordo.

Ainda de acordo com Pence, o cessar-fogo já começou e haverá uma zona desmilitarizada de 32 quilômetros na fronteira turca.

A Turquia começou a atacar posições curdas na Síria depois de Trump ter ordenado a retirada de forças americanas da região. A decisão foi duramente criticada pelo Congresso americano e pelo próprio Partido Republicano.

Os curdos auxiliaram os EUA no combate ao Estado Islâmico, no complexo teatro de operações da Guerra Civil na Síria, que envolve ainda tropas leais a Bashar Assad, rebeldes sunitas e tropas russas.

 

*Com agências internacionais 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade