Publicidade

Correio Braziliense

Restos mortais do ditador espanhol Franco serão exumados na quinta-feira

O governo do primeiro-ministro socialista Pedro Sánchez cumpre uma de suas principais promessas, anunciada quando assumiu o poder em junho de 2018


postado em 21/10/2019 06:48 / atualizado em 21/10/2019 07:19

Mausoléu Valle de los Caidos, perto de Madri, onde atualmente se encontram os restos mortais do ditador Francisco Franco(foto: Oscar del Pozo)
Mausoléu Valle de los Caidos, perto de Madri, onde atualmente se encontram os restos mortais do ditador Francisco Franco (foto: Oscar del Pozo)
O governo espanhol anunciou nesta segunda-feira (21/10) que os restos mortais do ditador Francisco Franco serão exumados na quinta-feira (24/10) de um mausoléu, que fica a 50 km de Madri, para um novo sepultamento em um cemitério mais discreto ao lado de sua esposa.

O governo informou em um comunicado que "procederá na próxima quinta-feira 24 de outubro, às 10h30 (5h30 de Brasília), a exumação dos restos mortais do ditador Francisco Franco da Basílica do Vale dos Caídos".

"Os restos mortais serão levados, após a exumação, ao panteão de Mingorrubio, no qual está sepultada sua viúva, Carmen Polo, no cemitério do Pardo, ao norte de Madri", informa o texto. Toda a operação acontecerá de "maneira íntima, na presença de parentes", indicou o governo.

Desta maneira, o governo do primeiro-ministro socialista Pedro Sánchez, que não aceita que os restos mortais do ditador permaneçam em um mausoléu público que exalta sua figura, cumprirá uma de suas principais promessas, anunciada quando assumiu o poder em junho de 2018.

Seu desejo de exumar rapidamente Franco, que governou a Espanha com mão de ferro da vitória na guerra civil em 1939 até sua morte em 1975, esbarrou na recusa dos herdeiros do ditador, o que provocou uma batalha legal que foi parar no Supremo Tribunal espanhol, que há algumas semanas decidiu os últimos recursos a favor do governo.

Desde sua morte, o general de origem galega está sepultado no Vale dos Caídos, em um gigantesco mausoléu católico, visitado a cada ano por milhares de turistas e também por alguns nostálgicos que continuam enaltecendo sua figura e celebrando missas em sua homenagem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade