Publicidade

Correio Braziliense

Ciclone Bulbul causa pelo menos duas mortes ao atingir as costas indianas

O olho do ciclone, acompanhado por ventos de até 120km/h, deve chegar na noite deste sábado no litoral da Baía de Bengala, próximo à fronteira entre Índia e Bangladesh


postado em 09/11/2019 17:10

(foto: Dibyangshu SARKAR / AFP)
(foto: Dibyangshu SARKAR / AFP)
O ciclone Bulbul deixou pelo menos dois mortos neste sábado, quando começou a atingir a costa da Índia, enquanto as autoridades do país e de Bangladesh ordenaram a evacuação de centenas de milhares de pessoas.

 

O olho do ciclone, acompanhado por ventos de até 120km/h, devia chegar na noite deste sábado no litoral da Baía de Bengala, próximo à fronteira entre Índia e Bangladesh.

 

Aeroportos e portos foram fechados. As primeiras vítimas foram registradas antes do ciclone atingir a potência máxima. Uma pessoa morreu pela queda de uma árvore em Calcutá e a outra pelo colapso de um muro no estado da Odisha, informaram as autoridades.

 

Mais de 70.000 pessoas foram evacuadas da costa indiana, enquanto o governo de Bangladesh anunciou a evacuação de 400.000 pessoas.

 

Foi declarado o estado de alerta máximo para os dois principais portos de Bangladesh: Mongla e Chittagong. Segundo os serviços meterológicos, o ciclone poderia ser acompanhado por ondas de dois metros de altura.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade