Publicidade

Correio Braziliense

Brasileiros escapam de vulcão que matou ao menos 5 pessoas na Nova Zelândia

Além dos cinco mortos, 18 pessoas ficaram feridas e 10 estão desaparecidas


postado em 09/12/2019 09:10 / atualizado em 09/12/2019 09:11

Allessandro Kauffmann e Aline Moura deixaram o vulcão 10 minutos antes de erupção(foto: Reprodução/Instagram)
Allessandro Kauffmann e Aline Moura deixaram o vulcão 10 minutos antes de erupção (foto: Reprodução/Instagram)
Um casal de brasileiros escapou por pouco da erupção de um vulcão na Ilha Brancana Nova Zelândia que matou ao menos cinco pessoas nesta segunda-feira (9/12). Aline e Allessandro Kauffmann passearam pelo vulcão minutos antes da erupção.

"A coisa mais louca da nossa vida acaba de acontecer. A gente passeou no vulcão uma hora e pouco. Dez minutos depois que a gente deixou (o vulcão) e entrou no barco, o vulcão entrou em erupção", relatou Aline no Instagram.

O casal, que vive na Austrália, contou que depois da erupção, o barco deu uma volta na ilha para ajudar na busca por sobreviventes. "Não sei se todo mundo conseguiu sobreviver. A gente vai ver o que aconteceu aqui. A gente só espera que ninguém esteja machucado nem nada. Graças a Deus a gente está bem", contou Aline.
  
Além dos cinco mortos, 18 pessoas ficaram feridas e 10 estão desaparecidas. 

Segundo a polícia, quase 50 pessoas visitavam a Ilha Branca quando ocorreu a explosão, que lançou uma grande quantidade de cinzas e pedras no ar.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade