Publicidade

Correio Braziliense

Igreja monta presépio que mostra Jesus, Maria e José dentro de jaulas

A intenção da Igreja é fazer uma crítica ao endurecimento da política de imigração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump


postado em 09/12/2019 14:19 / atualizado em 09/12/2019 14:23

As representações de Jesus, Maria e José, foram separadas na área externa da igreja. Dentro do templo, a família aparece reunida(foto: Reprodução/Igreja Metodista de Claremont)
As representações de Jesus, Maria e José, foram separadas na área externa da igreja. Dentro do templo, a família aparece reunida (foto: Reprodução/Igreja Metodista de Claremont)
A Igreja Metodista de Claremont, na Califórnia (EUA), montou um presépio diferente neste Natal. Em vez de colocar a Sagrada Família junta, entre fenos, animais e pastores — como é o usual —, a Igreja separou Jesus, Maria e José, colocando-os em três jaulas.

 

A imagem é uma crítica ao endurecimento da política de imigração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que resultou, este ano, na separação de crianças imigrantes de seus pais. Denúncias mostraram ainda que, além da separação, os imigrantes ilegais eram mantidos em jaulas. 

 

Em um texto publicado no site da igreja, os sacerdotes contam a história de como a Sagrada Família foi obrigada a fugir de Nazaré para o Egito e assim escapar do rei Herodes, tirano que prometeu matar todas as crianças com 2 anos ou menos, após ser avisado da chegada do Menino Jesus. 

 

"E se essa família buscasse refúgio em nosso país hoje?", questiona a publicação. "Imagine José e Maria, separados na fronteira, e Jesus, com menos de 2 anos, retirado de sua mãe e colocado atrás das cercas de um centro de detenção de patrulha na fronteira", prossegue o texto.

A Igreja também comenta que mais de 5,5 mil crianças foram separadas de suas famílias nos últimos três anos. Segundo as Nações Unidas, o total de crianças detidas, separadas ou não dos pais, superaria os 100 mil.

O texto termina anunciando que a família reunida, como nos presépios tradicionais, está exposta no interior da igreja (leia a íntegra abaixo).

Igreja Metodista de Claremont explica presépio com jaulas 

"Numa época em nosso país em que as famílias de refugiados buscam asilo em nossas fronteiras e são relutantemente separadas umas das outras, consideramos a família de refugiados mais conhecida do mundo, Jesus, Maria e José, a Sagrada Família.


Logo após o nascimento de Jesus, José e Maria foram obrigados a fugir com o filho pequeno de Nazaré para o Egito para escapar do rei Herodes, um tirano. Eles temiam perseguição e morte.


E se essa família procurasse refúgio em nosso país hoje?


Imagine José e Maria separados na fronteira e Jesus, com menos de 2 anos, retirado de sua mãe e colocado atrás das cercas de um centro de detenção de patrulha na fronteira, pois mais de 5.500 crianças foram nos últimos três anos. 


Jesus cresceu para nos ensinar bondade, misericórdia e boas-vindas radicais a todas as pessoas


Ele disse: "Eu estava com fome e você me deu comida. Eu estava com sede e você me deu algo para beber, eu era um estranho e você me recebeu" - Mateus 25:35


No presépio da Igreja Metodista Unida de Claremont, no Natal, a Sagrada Família substitui as milhares de famílias sem nome, separadas em nossas fronteiras.


Dentro da igreja, você verá esta família reunida, a Sagrada Família, em uma natividade que une os anjos ao cantar "Glória a Deus nas alturas e na terra paz e boa vontade a todos" Lucas 2:14 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade