Mundo

Ameaças de Trump com sanções ao Iraque não ajudam, diz Alemanha

"Não acredito que se possa convencer o Iraque com ameaças, mas com argumentos", defendeu Maas

Agência France-Presse
postado em 06/01/2020 08:37
O presidente americano Donald Trump,fez ameaças com represálias As ameaças do presidente americano, Donald Trump, com represálias "importantes" contra o Irã e sanções ao Iraque "não são de grande ajuda", lamentou o ministro alemão das Relações Exteriores, Heiko Maas, nesta segunda-feira (6/1).

"Não acredito que se possa convencer o Iraque com ameaças, mas com argumentos", defendeu Maas, em entrevista à rádio pública Deutschlandfunk.

[SAIBAMAIS]Para o chefe da diplomacia alemã, tudo o que as principais potências ocidentais fizeram para reconstruir o Iraque "corre o risco de se perder, se a situação continuar evoluindo desta maneira".

No domingo à noite, Trump ameaçou Teerã com "represálias importantes", e Bagdá, com grandes sanções, depois de uma votação no Parlamento iraquiano a favor de expulsar as tropas americanas do país.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação