Mundo

Bolsonaro critica Argentina por oferecer acolhida a Evo Morales

Agência Estado
postado em 16/01/2020 19:29
O presidente Jair Bolsonaro criticou a Argentina em uma transmissão ao vivo em sua página no Facebook. Segundo Bolsonaro, o país vizinho tornou-se um "refúgio desse tipo de gente, socialista, que não quer o futuro do seu país, que quer que se exploda seu povo, que usa seu povo como massa de manobra para atingir seu objetivo que é o poder absoluto". O presidente se referia à acolhida oferecida pelos argentinos para o ex-presidente da Bolívia Evo Morales. Bolsonaro voltou a mencionar a preferência dos Estados Unidos pelo Brasil no processo de entrada do País na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), divulgada ontem. A nova posição americana escanteou a Argentina, antes favorita sobre o Brasil para o ingresso na OCDE. Segundo o presidente brasileiro, a Argentina foi preterida como consequência da eleição do peronista Alberto Fernández, que tem a ex-presidente Cristina Kirchner como vice. "A gente torce para que a Argentina dê certo, mas a gente sabe que pelo quadro político que está lá vão ter dificuldades. Fizeram a opção em eleger quem os colocou na situação de desgraça em que se encontram", disse Bolsonaro sobre o vizinho que é um dos maiores parceiros comerciais do Brasil. As falas do presidente da República foram feitas em frente a crianças venezuelanas beneficiadas pela Operação Acolhida, ação humanitária das Forças Armadas que acolhe imigrantes venezuelanos nas cidades de Paracaima (RO) e Boa Vista.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação