Publicidade

Correio Braziliense

Indiana ostenta recorde de cabelo mais longo mundo, de 190 cm

Adolescente Nilanshi Patel bateu seu próprio recorde no Guinness Book em 2019


postado em 21/01/2020 16:38 / atualizado em 21/01/2020 16:46

Indiana não vai ao cabeleireiro há 11 anos(foto: SAM PANTHAKY/AFP)
Indiana não vai ao cabeleireiro há 11 anos (foto: SAM PANTHAKY/AFP)
Nilanshi Patel, uma indiana de 17 anos, conservou seu recorde como a adolescente com o cabelo mais longo do mundo, com uma medida de 190 centímetros. 

 

A jovem, que vive na pequena cidade de Modasa, no estado de Gujarat (oeste da Índia), voltou a obter em 2019 seu certificado Guinness, melhorando seu recorde anterior de 170,5 centímetros estabelecido em dezembro de 2018.

 

Orgulhoso, seu pai considera que o cabelo moreno e sedoso de sua filha lhe permitiu passar de ser uma curiosidade local a uma celebridade internacional.

 

Apelidada de "Rapunzel" por seus amigos e colegas de escola, em referência à princesa de cabelos longos de um conto dos irmãos Grimm, Nilanshi Patel não vai ao cabeleireiro há 11 anos.

 

"Aos seis anos, tive uma experiência muito ruim em um salão de beleza local", conta à AFP. 

 

"Desde então, tenho muita apreensão quando se trata de cortar meu cabelo. Meus pais aceitaram minha decisão, e agora meus cabelos se tornaram meu amuleto da sorte", acrescentou. 

 

A jovem indiana precisa usar sapatos de salto para evitar que seus cabelos arrastem demais no chão. Ela trata do cabelo como qualquer menina de sua idade, mas precisa da ajuda de sua mãe. 

 

"Faço o que todas as adolescentes fazem. Lavo o cabelo uma vez e passo óleo uma ou duas vezes por semana", explica a jovem, que quer ser engenheira. Ela seca as madeixas ao sol, ou com secador. 

 

"Geralmente, faço uma trança. Mas, para jogar ou em alguma ocasiões, amarro em coques. A única hora que tenho problemas é para nadar", garantiu. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade