Publicidade

Correio Braziliense

Empresa francesa Engie ganha licitação para transporte de energia no Brasil

Empresa terá permissão de agir no Brasil por 30 anos no transporte de energia elétrica


postado em 23/01/2020 09:04

A gigante francesa de energia Engie reforçará sua posição na América Latina com o novo contrato firmado no Brasil.(foto: ERIC PIERMONT / AFP)
A gigante francesa de energia Engie reforçará sua posição na América Latina com o novo contrato firmado no Brasil. (foto: ERIC PIERMONT / AFP)
O gigante francês do setor de energia Engie venceu uma licitação no Brasil para construir e explorar uma rede de transporte de eletricidade, o que reforçará sua posição na América Latina - anunciou o grupo nesta quinta-feira (23/1).

Estimado em cerca de 750 milhões de euros (cerca de US$ 830 milhões), o projeto "inclui a construção, exploração e manutenção de uma rede de transporte de eletricidade de 1.800 km, de uma nova subestação e da extensão de outras três subestações no norte do Brasil", informou a Engie em um comunicado.

A construção das instalações deve começar em 2020.

Esta concessão de 30 anos é o segundo projeto de transporte de eletricidade da Engie no Brasil.

Em dezembro de 2017, a Engie havia ganhado uma licitação para a construção de 1.000 km de redes de transporte, cinco novas subestações e a extensão de outras cinco no estado do Paraná, ao sul do Brasil, por um valor total de de 440 milhões de euros.

"Aceleramos a aplicação da nossa estratégia na América Latina, onde existe uma grane necessidade de infraestruturas para responder a crescente demanda de energia", declarou a diretora-geral da Engie, Isabelle Kocher, citada no comunicado.

A empresa se torna um ator importante no setor na América Latina e, até 2022, instalará 3.000 km de rede elétrica no Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade