Publicidade

Correio Braziliense

China fecha seções da Grande Muralha para evitar propagação do vírus

Coronavírus já matou 26 pessoas. Mais de 40 milhões de chineses foram confinados em 13 cidades


postado em 24/01/2020 08:44

Partes da Grande Muralha da China foram fechadas para evitar aglomeração de pessoas e contágio do vírus.(foto: Albatros Adventure/EM/Divulga?)
Partes da Grande Muralha da China foram fechadas para evitar aglomeração de pessoas e contágio do vírus. (foto: Albatros Adventure/EM/Divulga?)
A China anunciou, nesta sexta-feira (24/1), o fechamento de trechos da Grande Muralha, assim como de monumentos emblemáticos de Pequim, em meio às medidas adotadas para controlar a propagação do coronavírus, que já matou 26 pessoas.

Os túmulos da dinastia Ming e a floresta Yinshan Pagoda serão fechados a partir de sábado, informou a autoridade encarregada destes locais. O Estádio Nacional de Pequim, conhecido como Ninho de Pássaro, construído para os Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, teve suas portas fechadas hoje.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade