Publicidade

Correio Braziliense

Primeiro-ministro da Irlanda renuncia, mas aguardará novo governo

Esta decisão era esperada porque seu partido centrista, o Fine Gael, ficou em terceiro nas eleições legislativas


postado em 20/02/2020 21:37

Negociações entre partidos para formar uma possível coalizão estão paralisadas(foto: Paul Faith/AFP)
Negociações entre partidos para formar uma possível coalizão estão paralisadas (foto: Paul Faith/AFP)
O primeiro-ministro da Irlanda, Leo Varadkar, anunciou na noite desta quinta-feira sua renúncia, mas seguirá no cargo até a formação de um novo governo, após os resultados das recentes eleições legislativas.

 

"Leo Varadkar apresentou esta noite ao presidente sua renúncia. De acordo com a Constituição, o primeiro-ministro e o governo continuarão exercendo suas funções até a nomeação dos sucessores ", anunciou a assessoria do político. 

 

Esta decisão era esperada porque seu partido centrista, o Fine Gael, ficou em terceiro nas eleições legislativas de 8 de fevereiro, nas quais nenhum partido conquistou a maioria.

 

O forte avanço do Sinn Fein próximo ao período das legislativas mudou o panorama político irlandês, dominado há um século pelos grandes partidos políticos de centro-direita, o Fianna Fail e o Fine Gael, respectivamente. 

 

As negociações entre partidos políticos para formar uma possível coalizão estão paralisadas. 

 

Nesta quinta à noite os três partidos, assim como os Verdes, apresentaram aos 160 deputados que se reuniram na câmara baixa do Parlamento irlandês um candidato ao cargo de primeiro-ministro. 

 

A líder do partido nacionalista Sinn Fein, Mary lou McDonald, obteve a maior quantidade de votos. 

 

McDonald contou com o apoio de 45 deputados, mas ainda ficou distante dos 80 votos necessários para ter a maioria parlamentar. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade