Publicidade

Correio Braziliense

Primeiro-ministro italiano vê irregularidade em hospital para coronavírus

O hospital ao norte da Itália não teria respeitado os protocolos de segurança para casos suspeitos de coronavírus


postado em 25/02/2020 09:17

Giuseppe Conte criticou as ''iniciativas autônomas injustificáveis'' em hospitais italianos(foto: AFP / Aris Oikonomou)
Giuseppe Conte criticou as ''iniciativas autônomas injustificáveis'' em hospitais italianos (foto: AFP / Aris Oikonomou)
O primeiro-ministro da Itália, Giuseppe Conte, considera que a origem de um foco da epidemia de coronavírus no norte do país foi a "gestão irregular de um hospital". 

Ao ser questionado sobre o tema, Conte criticou as "iniciativas autônomas injustificáveis" e afirmou que um dos focos da epidemia no norte se deve ao fato de um hospital não ter respeitado os protocolos, mas não revelou o nome do centro médico. 

A Itália ordenou o confinamento de 10 localidades do norte devido ao coronavírus, que infectou 229 pessoas e provocou sete mortes no país. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade