Publicidade

Correio Braziliense

Netanyahu promete construir novas casas para colonos israelenses

Medida polêmica marca a campanha de Benjamin Netanyahu para as eleições de março


postado em 25/02/2020 09:53

Benjamin Netanyahu(foto: AFP / DEBBIE HILL)
Benjamin Netanyahu (foto: AFP / DEBBIE HILL)
O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em plena campanha para as legislativas de 2 de março, prometeu nesta terça-feira (25/2) a construção de 3.500 novas casas para os colonos na Cisjordânia, território palestino ocupado por Israel há mais de 50 anos.

"Dei instruções para a apresentação imediata dos planos para a construção de 3.500 unidades na zona E1", um território situado na saída de Jerusalém, disse Netanyahu.

Se Israel construir nesta área, entre a colônia judaica de Maaleh Adumim e Jerusalém, a Cisjordânia ficará cortada em duas, o que impediria a criação de um eventual Estado palestino com um território contínuo, afirmam os palestinos e várias ONGs. 

"Se o projeto for concretizado, isto acabará com a ideia de um Estado palestino viável", reagiu Angela Godey-Goldstein, codiretora da ONG Jahalin Solidarity, que defende as famílias beduínas instaladas no setor E1.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade