Mundo

Roma fecha aeroporto e reduz atividade no terminal internacional

A Itália é o país da Europa mais afetado pela pandemia de coronavírus, que já deixou 827 mortos e mais de 12 mil casos no país

Agência France-Presse
postado em 12/03/2020 09:56
A Itália é o país da Europa mais afetado pela pandemia de coronavírus, que já deixou 827 mortos e mais de 12 mil casos no paísO aeroporto de Ciampino, Roma, utilizado sobretudo por companhias aéreas de baixo custo, fechará as portas na sexta-feira, devido à pandemia do novo coronavírus, enquanto o de Fiumicino, onde se concentram os voos internacionais, reduzirá as atividades a partir de terça-feira.

A entidade decidiu aplicar "um plano para reduzir as operações nos terminais de passageiros de Fiumicino e Ciampino", após os "múltiplos cancelamentos" de voos para e da Itália anunciados pelas companhias aéreas que operam nos dois aeroportos da capital.

Usado em especial pela Ryanair e pela Wizz Air, esse aeroporto fechará a partir de sexta-feira à noite, confirmou um porta-voz.

O Terminal 1 de Fiumicino, para voos nacionais, onde também operam a Alitalia e a KLM-Air France, fechará a partir de terça.

Na segunda-feira, Fiumicino e Ciampino anunciaram a introdução de medidas preventivas para todos os passageiros que viajam, medida reservada até agora para as chegadas, entre elas a verificação de temperatura de todos os que partem para países fora da área de Schengen.

A Itália é o país da Europa mais afetado pela pandemia de coronavírus, que já deixou 827 mortos e mais de 12.000 casos no país, de acordo com o balanço mais recente.

Na quarta-feira à noite, o primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, anunciou o fechamento de todos os estabelecimentos comerciais do país, salvo no setor de alimentação e farmácias.

A Air France suspendeu todos os voos para a Itália, de 14 de março a 3 de abril, e a British Airways cancelou todas as suas conexões com a península desde terça. Todos os voos da Espanha e de Portugal para a Itália foram suspensos até 25 de março.

Mais drástica, a companhia Air Canada anunciou a suspensão de seus voos para a Itália, a partir de quarta-feira e até 1; de maio.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação