Publicidade

Correio Braziliense

Santuário de Lourdes fecha pela primeira vez em razão do coronavírus

O santuário de Lourdes atrai milhões de peregrinos católicos de todo o mundo todos os anos, especialmente doentes


postado em 17/03/2020 09:02

(foto: AFP / JOE KLAMAR)
(foto: AFP / JOE KLAMAR)
O santuário de Lourdes fechará suas portas nesta terça-feira a partir do meio-dia "pela primeira vez em sua história", informou no Twitter seu responsável, Olivier Ribadeau Dumas, no momento em que a França entra em um período de maior confinamento devido à pandemia de coronavírus. 

Os 30 capelães do santuário "começam hoje (terça-feira) nove dias de orações especiais pelo mundo na Gruta das Aparições", que serão transmitidas ao vivo pela televisão católica, informou a direção do santuário à AFP.

O santuário de Lourdes atrai milhões de peregrinos católicos de todo o mundo todos os anos, especialmente doentes. Desde o início de março, os responsáveis anunciaram uma série de medidas para se proteger do coronavírus.

Os tanques nos quais os peregrinos doentes mergulham na esperança de cura, localizados perto da gruta onde, segundo a tradição cristã, a Virgem apareceu em 1858, foram fechados. 

Na segunda-feira à noite, o presidente francês Emmanuel Macron declarou "guerra" ao coronavírus e anunciou novas medidas rigorosas de contenção por pelo menos 15 dias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade