Mundo

Sanders avalia campanha após novas derrotas nas primárias

O ex-vice já conta com mais da metade dos 1.991 delegados necessários para ganhar a indicação na convenção partidária de julho

Agência France-Presse
postado em 18/03/2020 12:05
O ex-vice já conta com mais da metade dos 1.991 delegados necessários para ganhar a indicação na convenção partidária de julhoWashington, Estados Unidos - O senador Bernie Sanders pretende avaliar nesta quarta-feira (18/3) o futuro de sua campanha para a indicação da candidatura do Partido Democrata à presidência dos Estados Unidos, depois de uma série de derrotas nas primárias para Joe Biden.

"A próxima primária acontecerá dentro de pelo menos três semanas", afirmou Faiz Shakir, diretor da campanha de Sanders, em um comunicado. "O senador Sanders terá conversas com seguidores para avaliar sua campanha", completou.

"No momento, ele está concentrado em avaliar a resposta das autoridades à epidemia de coronavírus e assegurar que cuidamos dos trabalhadores e dos mais vulneráveis", completou. O congressista de 78 anos, que se define como "socialista democrático", sofreu diversas derrotas para o rival nas primárias democratas, o ex-vice-presidente Joe Biden, de 77 anos, mais moderado.

Biden venceu na terça-feira (17/3) nos três estados que organizaram primárias: Arizona, Illinois e Flórida. Estas vitórias consolidam uma grande vantagem para que Biden conquiste a candidatura democrata para enfrentar o presidente Donald Trump nas eleições de 3 de novembro.

O ex-vice já conta com mais da metade dos 1.991 delegados necessários para ganhar a indicação na convenção partidária de julho. Sanders não fez declarações públicas desde os resultados eleitorais de terça-feira.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação