Mundo

Coronavírus: Embaixada da China diz que EUA "largaram sua responsabilidade"

A Embaixada da China no Brasil afirmou pelo Twitter que os EUA têm "raciocínio equivocado, reação demorada e medidas insuficientes" diante da pandemia

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 25/03/2020 18:45

A Embaixada da China no Brasil afirmou pelo Twitter que os EUA têm A Embaixada da China no Brasil usou o Twitter, nesta quarta-feira (25/3), para criticar a forma como os Estados Unidos têm atuado diante da pandemia do novo coronavírus.

"A China está conseguindo conter o surto no país em pouco tempo e de forma efetiva. Compartilha informações em prol do combate, e é aplaudida pelo mundo e OMS", escreveu a embaixada em um primeiro tuíte.

Em seguida, emendou: "Enquanto os EUA largaram a sua responsabilidade e enfraqueceram o esforço internacional devido a seu raciocínio equivocado, reação demorada e medidas insuficientes".

Cenários distintos

A China, epicentro do coronavírus, alcançou um total de 80 mil casos registrados, porém, nos últimos dias, novos casos têm sido muito menos frequentes. Em Hubeí, onde o surto teve início, o cotidiano já começa a voltar à normalidade depois da quarentena de dois meses, que inlcuiu fechamento total.

Os Estados Unidos, onde a doença chegou meses depois, está com um total de 62 mil casos da doença. Já é o terceiro país com mais infectados.

Apesar disso, o presidente Donald Trump anunciou, nesta terça-feira (24/3), que pretende aliviar as regras do isolamento antes da Páscoa. Discurso semelhante ao feito pelo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, em pronunciamento nesta terça, quando criticou as medidas adotadas pelos governadores.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação