Mundo

Curtas

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 26/03/2020 04:16
Príncipe Charles infectado
O príncipe Charles, filho mais velho da rainha Elizabeth II e herdeiro do trono britânico, deu positivo para o coronavírus, informou sua residência oficial de Clarence House. O príncipe de Gales, de 71 anos, apresenta sintomas leves da Covid-19, ;mas está em boa saúde;, afirma um comunicado. O herdeiro da coroa está confinado com a mulher, Camila, na residência real em Balmoral, na Escócia. Por sua parte, Elizabeth II, de 93 anos, e seu marido, o príncipe Philip, de 98 anos, estão no Castelo de Windsor, oeste de Londres, há uma semana. ;Sua majestade, a rainha, está bem de saúde;, disse um porta-voz do Palácio de Buckingham, que se recusou a dizer se ela foi testada para a Covid-19. ;A rainha viu pela última vez o príncipe de Gales brevemente após a audiência de 12 de março e segue todos os conselhos para garantir seu bem-estar.; Os sintomas não impediram Charles de ;trabalhar em casa nos últimos dias, como de costume;, segundo Clarence House. Por sua parte, Camila, ;a duquesa da Cornualha, também foi testada, mas não tem o vírus;.

Sacrifícios pelas Olimpíadas
O adiamento dos Jogos Olímpicos de Tóquio de 2020 para 2021 precisa de ;sacrifícios e compromissos;. Um dia depois da histórica decisão de adiar por um ano o evento devido à pandemia do coronavírus, o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, afirmou que a missão não será fácil. A pressão de atletas e federações fez com que a opção do adiamento fosse a única possível, e o COI se viu obrigado a renunciar ao plano inicial de manter os Jogos entre 24 de julho e 9 de agosto de 2020. Para o desafio de reagendar o evento para 2021, Bach alertou que precisará da colaboração de todos, inclusive dos patrocinadores. Ontem, em entrevista virtual para 400 jornalistas, ele admitiu que o cenário de um cancelamento dos Jogos esteve ;sobre a mesa; como uma das opções.
Apelo por misericórdia
Durante oração ecumênica global transmitida por meio de vídeo na biblioteca do Palácio Apostólico do Vaticano, o papa Francisco implorou misericórdia pela humanidade. ;Hoje nos reunimos, todos os cristãos do mundo, para rezar o Pai Nosso, a oração que Jesus nos ensinou. Neste momento, queremos implorar misericórdia pela humanidade duramente atingida pela pandemia de coronavírus. E fazemos isso juntos, cristãos de todas as igrejas e comunidades, de todas as idades, idiomas e nações;, expressou o papa argentino. ;Oremos pelos doentes e suas famílias; pelos profissionais da saúde e por aqueles que os ajudam; pelas autoridades, pela forças de aplicação da lei e voluntários; pelos ministros de nossas comunidades.;

Putin suspende reforma
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, aconselhou os cidadãos russos a permanecerem em casa, além de decretar uma semana de suspensão das atividades e adiar a votação da sua reforma constitucional. Em discurso na TV, ele anunciou uma série de medidas de apoio ao poder de compra e às empresas frente a crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação