Publicidade

Correio Braziliense

Jonhson & Johnson testará em setembro vacina em humanos contra a Covid-19

Vacina pode estar pronta para ser usada em caráter de urgência antes do começo de 2021.


postado em 30/03/2020 18:47

(foto: AFP)
(foto: AFP)
Washington, Estados Unidos -
A empresa farmacêutica Johnson & Johnson anunciou nesta segunda-feira (30) que fará em setembro testes clínicos em humanos de uma vacina que poderia estar pronta para ser usada em caráter de urgência antes do começo de 2021.

O grupo informou em um comunicado que assinou um acordo com a Autoridade para a Pesquisa Avançada e o Desenvolvimento no domínio bioético, que depende do governo americano, para investir US$ 1 bilhão com este objetivo.

A J&J começou a trabalhar em janeiro sobre a vacina experimental Ad26 SARS-CoV-2, empregando a mesma tecnologia usada para desenvolver a vacina-candidata contra o vírus do ebola.

Esta tecnologia utiliza uma versão desativada do vírus para tentar provocar uma resposta imunológica em humanos.

A companhia disse que está ampliando sua capacidade mundial de fabricação nos Estados Unidos e em outros países para poder distribuir mais de mil doses de vacina em todo o mundo.

Também está trabalhando em tratamentos antivirais contra o novo coronavírus.

A companhia farmacêutica americana Moderna também está realizando testes clínicos de uma vacina, assim como o grupo chinês CanSinoBIO.


Vários tratamentos estão sendo analisados, como o antiviral remdesivir, a cloroquina, empregada contra a malária, e seu derivado, a hidroxicloroquina, mas não se provou sua eficácia.

Os grupos farmacêuticos e os laboratórios estão em uma corrida contra o tempo para desenvolver tratamentos e vacinas contra a Covid-19, recorrendo a uma ampla gama de novas tecnologias.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade