Mundo

Curtas

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 31/03/2020 04:04

Olimpíadas agendadas
Os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, que foram adiados devido à crise provocada pela pandemia de coronavírus, começarão em 23 de julho de 2021, anunciou o comitê organizador. ;Os Jogos Olímpicos serão disputados entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, enquanto que os Jogos Paralímpicos ocorrerão de 24 de agosto a 5 de setembro;, afirmou o presidente do Comitê Organizador Local (COL) de Tóquio-2020, Yoshiro Mori. Em comunicado, o Comitê Olímpico Internacional explicou que as novas datas dariam às autoridades de saúde e aos organizadores ;o máximo de tempo para enfrentar as contínuas mudanças e todo o problema causado pela pandemia do Covid-19;.

Hospital militar atraca em Nova York; mortos nos EUA somam 3 mil
Em meio à batalha contra o novo coronavírus, Nova York recebeu um navio-hospital militar com capacidade para mil leitos, enquanto a pandemia continua a se espalhar pelos Estados Unidos, levando o presidente Donald Trump a estender o confinamento até o fim de abril. O ;USNS Comfort;, equipado com 12 salas de cirurgia e 1.200 profissionais de saúde, chegou ao porto de Nova York para ajudar a aliviar os hospitais da metrópole, que enfrentaram sobrecarga. O navio receberá pacientes que necessitam de cuidados intensivos não relacionados ao vírus para permitir que os hospitais se concentrem nos pacientes de Covid-19. Na noite de ontem, o número de mortos nos EUA passou de 3 mil.

Democracia em ;quarentena; na Hungria
Em meio à pandemia, o Parlamento da Hungria aprovou, ontem, um polêmico projeto de lei que permite ao primeiro-ministro, Viktor Orbán, legislar por decreto, em um regime de estado de emergência por tempo indeterminado. Criticado pela oposição húngara, o texto foi aprovado por 137 votos a favor e 53 contra. Pessoas que espalharem ;notícias falsas; sobre a Covid-19 ou sobre as medidas de governo poderão ser condenadas a até cinco anos de prisão. A lei também permite a ampliação do estado de emergência em vigor desde 11 de março.

Páscoa consciente
Em Berna, capital da Suíça, a panificadora Baeckerei Bohnenblust decidiu inovar para conscientizar os clientes sobre a importância da prevenção ao novo coronavírus. Começou a produzir coelhinhos de Páscoa de chocolate vestidos com máscaras. Apenas poucos fregueses se queixaram do novo design.
O custo de cada unidade é de 8,50 francos suíços
(cerca de R$ 45).

Angela Merkel testa negativo pela terceira vez
A chanceler alemã, Angela Merkel, passou por um terceiro teste com resultado negativo para o coronavírus, mas continuará em quarentena, informou um porta-voz do governo. ;O terceiro teste de detecção de coronavírus realizado na chanceler Merkel também foi negativo. Ela seguirá no exercício de suas funções oficiais de quarentena em casa nos próximos dias;, afirmou. Em 22 de março, a chanceler de 65 anos decidiu entrar em quarentena depois de entrar em contato dois dias antes com um médico que lhe deu uma vacina e depois deu positivo. Em uma gravação de áudio, revelou que vive com dificuldade a quarentena e a falta de contato com seus ministros e conselheiros. ;Infelizmente, o número diário de novas infecções não nos dá motivos para relaxar ou suavizar as regras;, disse, no domingo, em um podcast semanal. Com 57.298 casos registrados oficialmente, a Alemanha registra apenas 455 mortes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação