Publicidade

Correio Braziliense

Idosa morre de coronavírus após ceder respirador para pacientes mais jovens

Mulher de 90 disse aos médicos que ''já teve uma vida boa''. Caso aconteceu na Bélgica, que tem mais de 700 mortos por Covid-19


postado em 01/04/2020 17:18

Suzanne Hoylaerts, de 90 anos, não quis usar respiradores(foto: Reprodução/Facebook)
Suzanne Hoylaerts, de 90 anos, não quis usar respiradores (foto: Reprodução/Facebook)
Uma mulher belga de 90 anos morreu vítima de coronavírus após pedir que os médicos não usassem respiradores em seu tratamento, a fim de que os equipamentos pudessem ser destinados a pacientes mais jovens

De acordo com o jornal britânico Metro, Suzanne Hoylaerts teria dito à equipe médica: "Não quero respirar por aparelhos. Salvem os pacientes mais jovens. Eu já tive uma vida boa".

O caso aconteceu no distrito de Lubbeek, na Bélgica. Ainda conforme o Metro, a idosa foi para o hospital em 20 de março, com falta de apetite e dificuldades para respirar, e acabou diagnosticada com Covid-19. Ela morreu dois dias depois e sua história ganhou destaque na imprensa mundial nesta quarta-feira (1º/4).

Ao jornal local Het Laatste Nieuws, a filha da idosa, Judith Hoylaerts, lamentou não ter a oportunidade de se despedir da mãe e disse não saber como ela contraiu o coronavírus, uma vez que Suzanne estaria seguindo todas as recomendações de saúde.

Mais de 700 pessoas morreram em decorrência do coronavírus na Bélgica. Entre as vítimas, além de Suzanne, está uma jovem de 12 anos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade