Mundo

Grécia detecta caso de Covid-19 em segundo campo de migrantes

A Grécia já registrou 1.735 casos do novo coronavírus, e 73 mortes

Agência France-Presse
postado em 05/04/2020 16:58
 (foto: MANOLIS LAGOUTARIS/AFP)
(foto: MANOLIS LAGOUTARIS/AFP)
Migrantes dos países da África que chegaram à ilha de Lesbos há cinco dias permanecem em quarentena em um espaço aberto designado pelas autoridades gregasAtenas, Grécia - Um segundo campo de migrantes próximo a Atenas foi colocado em quarentena neste domingo por autoridades gregas, depois que um ocupante testou positivo para o novo coronavírus, segundo o Ministério de Migrações.

O campo de Malakasa, a 38 km de Atenas, onde vivem 1,7 mil migrantes, foi colocado em "confinamento sanitário total" por 14 dias, com proibição de entrada e saída.

[SAIBAMAIS]Segundo o ministério, um afegão de 53 anos que se queixava de outra doença apresentou-se no consultório do acampamento com sintomas de Covid-19. Ele foi transferido para um hospital de Atenas, onde testou positivo. A família do migrante foi colocada em isolamento, e uma análise completa do campo está sendo realizada, segundo o ministério.

Os campos de migrantes da Grécia abrigam milhares de pessoas em condições precárias. Na última quinta-feira, foi detectado um foco de infecção no campo de Ritsona, 80km ao norte de Atenas, onde, até o momento, 23 dos 2,5 mil ocupantes testaram positivo. A Grécia já registrou 1.735 casos do novo coronavírus, e 73 mortes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação