Publicidade

Correio Braziliense

Descoberta grande fraude na Alemanha na compra de 10 milhões de máscaras

Duas empresas de distribuição, baseadas uma em Hamburgo e outra na cidade suíça de Zurique, deviam entregar as máscaras às autoridades da região mais populosa da Alemanha neste momento de pandemia do novo coronavírus, no qual os equipamentos de proteção têm grande demanda mundial


postado em 07/04/2020 16:48

(foto: SAUL LOEB / AFP)
(foto: SAUL LOEB / AFP)
A justiça alemã revelou uma grande fraude sobre um frustrado fornecimento de 10 milhões de máscaras de proteção no valor de 15 milhões de euros ao estado regional da Renânia do Norte-Westfalia, anunciou nesta terça-feira (7) a Justiça de Traunstein.

Duas empresas de distribuição, baseadas uma em Hamburgo e outra na cidade suíça de Zurique, deviam entregar as máscaras às autoridades da região mais populosa da Alemanha neste momento de pandemia do novo coronavírus, no qual os equipamentos de proteção têm grande demanda mundial.

Mas as duas empresas foram vítimas de fraude. Fizeram a transferência bancária de 2 milhões de euros antecipadamente para a conta de uma empresa que deveria entregá-las, informou a promotoria em um comunicado. E as máscaras nunca chegaram ao seu destino.

O Estado regional da Renânia do Norte-Wesfalia, que já tinha pago 14,7 milhões de euros às duas distribuidoras pôde recuperar seu dinheiro quando a fraude foi descoberta.

A enorme demanda por estes equipamentos se tornou uma batalha sem trégua entre os países. Os conflitos surgem até mesmo entre membros da União Europeia, onde muitos proibiram a exportação de material médico ou fizeram confiscos, como a França.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade