Mundo

Companhia Icelandair demite 2.000 funcionários por crise do coronavírus

Em 2018, a Icelandair tinha cerca de 4.600 funcionários e transportava 4,4 milhões de passageiros, segundo a empresa

Agência France-Presse
postado em 28/04/2020 13:19
Poltronas dentro de um avião. A companhia aérea islandesa Icelandair anunciou, nesta terça-feira (28/4), que demitirá cerca de dois mil funcionários, devido ao impacto da pandemia de coronavírus no setor do transporte aéreo.

"Para responder a esta situação, o grupo Icelandair está tomando medidas para que a companhia transite por um período extenso de operações mínimas, o que inclui uma considerável redução no número de empregados e mudanças na estrutura organizacional", afirmou a empresa, em um comunicado.

Essa redução de pessoal inclui, em particular, membros da tripulação, serviços de manutenção e operações em terra.

O grupo afirmou que "a maioria dos funcionários restantes continua trabalhando parcialmente" e que aqueles que trabalham em período integral sofreram corte nos salários.

Em 2018, a Icelandair tinha cerca de 4.600 funcionários e transportava 4,4 milhões de passageiros, segundo a empresa.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação