Mundo

Queda de avião humanitário queniano deixa seis mortos na Somália

O avião de carga particular estava carregando material como parte da luta contra a pandemia de coronavírus

Agência France-Presse
postado em 05/05/2020 08:20
Ilustração de avião voa nos Alpes franceses.Pelo menos seis pessoas morreram na queda de um avião queniano, nesta segunda-feira (5/4) na Somália, onde fazia uma missão humanitária - anunciou o Ministério das Relações Exteriores do Quênia, que considerou as circunstâncias do acidente "pouco claras" e pediu uma "investigação imediata".

O avião de carga particular do Quênia - um Embraer 120 - estava carregando material como parte da luta contra a pandemia de coronavírus, quando caiu na segunda-feira à tarde, no distrito de Bardale, no sul da Somália, informou o Ministério.

Seis pessoas estavam a bordo do voo curto de Baidoa para Bardale, cerca de 300 quilômetros a noroeste da capital somali Mogadishu, conforme as autoridades.

"O avião estava prestes a pousar na pista de Bardale quando caiu e pegou fogo. Todas as seis pessoas a bordo morreram no acidente", disse Abdulahi Isack, um policial local, por telefone à AFP.

O Quênia pediu à Somália "que investigue esse caso rapidamente e em profundidade, porque isso afeta as operações humanitárias no momento em que as necessidades são mais importantes".

"O incidente ocorreu em circunstâncias pouco claras", disse o Ministério das Relações Exteriores do Quênia.

O grupo islâmico Al-Shabab, afiliado à Al-Qaeda, atua no sul da Somália, mas a área onde ocorreu o acidente está sob o controle do governo e das tropas etíopes da força internacional destacada pela União Africana (UA).

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação