Mundo

Uber suprime 3.700 postos de trabalho e CEO renuncia ao salário

A crise foi provocada pela pandemia de covid-19

Agência France-Presse
postado em 06/05/2020 12:07
Logo da Uber em uma parede.Uber anunciou nesta quarta-feira a redução de 3.700 postos de trabalho entre as equipes de recrutamento e inteligência de usuários para cortar custos durante a crise provocada pela pandemia de covid-19, de acordo com documentos apresentados ao mercado de valores.

Os documentos mostram ainda que Dara Khosrowshahi, CEO da empresa, também anunciou que abre mão de seu salário pelo restante do ano fiscal, que termina em 31 de dezembro de 2020.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação